Buscar

Tempo é dinheiro?


Tempo é vida!

Lembrei daquele trecho certeiro da música composta por Renato Russo, que se chama Tempo Perdido: “todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou...”

E o tempo é realmente vida.

É o recurso mais escasso do mundo. Tudo que queremos fazer, ter ou ser depende dessa preciosa matéria-prima.

Uma empresa precisa de tempo para amadurecer e prosperar, uma carreira bem-sucedida também. Um casamento e relacionamentos em geral necessitam de tempo para se fortalecerem. Filhos são educados no tempo, um corpo bonito também é esculpido com o tempo e por aí vai.

Fato é que temos que cuidar e investir nessa riqueza que é o tempo, se quisermos fazer qualquer coisa em nossa vida.

Fazer a gestão do tempo é fundamental. Construir diariamente, estrategicamente, é essencial, pois só assim podemos ter dias mais produtivos, equilibrados e, consequentemente, podemos desfrutar de uma vida mais feliz.


Diga não!

Muitas pessoas ficam sobrecarregadas porque não conseguem dizer “não”.

E, quando dizemos “sim”, excluímos temporariamente outros possíveis “sins” para outras atividades.

E uma coisa é certa, podemos fazer o que quisermos, mas não podemos fazer tudo ao mesmo tempo, não conseguimos abraçar o mundo.

Em muitas situações, buscamos validação social quando atendemos aos pedidos das pessoas e quando passamos a dizer "sim" para tudo, sacrificando nosso bem estar, isso vira um dilema.

Se não recusarmos algo, existe grande chance de ficarmos impossibilitados de honrar os compromissos advindos do nosso próprio interesse. É uma questão matemática. O dia tem 24 horas. Não conseguimos colocar tudo nas 24 horas do dia.

Warren Buffet disse: “As pessoas bem-sucedidas dizem “não” a muitas coisas. O “não” permite que você abra espaço na agenda para o que é importante e significativo em sua vida”.

Um “não” na hora certa é muito melhor do que um "sim" na hora errada.

Alguns pontos importantes para dizer "NÃO":

1. Você não precisa dizer "não" por completo, mas pode fazer parcialmente.

Tente buscar o propósito por trás do pedido e encontre um ponto de equilíbrio. A partir daí você pode encontrar uma alternativa.

2. Exija menos de você.

O feito é melhor do que é o perfeito. Ou seja, o "pouco" feito com regularidade é melhor do que o "muito" realizado com inconstância.

3. Não se cobre tanto.

Diminuir um pouco o padrão de algumas coisas na vida, para encaixar todas as peças importantes do quebra-cabeça é muito mais importante. Assim você consegue adequar a sua rotina e torná-la uma realidade prazerosa de ser cumprida.

4. Delegue!

Sem delegar funções, você terá tantas responsabilidades que deixará de fazer coisas que considera importante.

Atenção mulheres! isso se aplica às tarefas domésticas! Muitas mulheres não delegam atividades, porque acreditam que a forma que executam as tarefas é a melhor.

Mesmo que tudo não saia exatamente do jeito que idealizamos, precisamos persistir para que todos desenvolvam suas habilidades e aprimorem suas formas de realizarem as tarefas do lar. Então, não tenha receio em delegar.


Comunique-se bem!

Comunicar não é simplesmente falar. A fala não está ligada ao alcance de um objetivo.

A comunicação assertiva e construtiva é que tem o poder de melhorar as situações mais difíceis de qualquer relacionamento. Então, comunique-se bem!

A comunicação exige um alvo a ser alcançado, um propósito.

Precisamos entender quem é o nosso interlocutor, ser objetivo e claro. Só assim, vamos atingir as nossas metas.


Anote tudo!

Você já percebeu que em alguns momentos você não desfruta o momento atual, por não estar 100% presente?

Usar a cabeça para armazenar as suas pendências é altamente prejudicial ao seu bem-estar mental e à sua prodtividade. Portanto, anote tudo!

Anotar tudo é uma estratégia para manter nosso cérebro livre do gerenciamento de pendências. Quando anotamos os nossos compromissos, nos livramos do fardo de querer lembrar das coisas e liberamos a nossa mente para fazer o melhor, como pensar, criar, planejar, aprender.

Tenha equilíbrio!

Você conhece a Roda da Vida?


A Roda da Vida é um círculo fatiado em partes que representam cada área fundamental da vida. Avalia-se o nível de satisfação em todos os setores da nossa vida, como relacionamentos, qualidade de vida e outros.

Com a correria do dia a dia, é muito comum acabar negligenciando alguns setores da vida. E, para alcançar a realização pessoal e felicidade plena, é necessário cuidar bem de todos os setores.

Esse exercício ajuda a definir as nossas metas e objetivos, facilitando a visualização do todo, além de promover a reflexão, o autoconhecimento e percepção de quais áreas da nossa vida que estão demandando maior atenção no momento.


Diferencie o que é importante do que é urgente!

Durante o dia, especialmente no ambiente de trabalho, surgem diversas atividades que interferem na nossa programação diária. Então é muito importante diferenciar o que é importante e o que é urgente.

Uma ferramenta que pode auxiliar nesse processo para priorizar a tarefa é a Matriz de Eisenhower, um método criado por Dwight D. Eisenhower, general durante a Segunda Guerra Mundial e 34º presidente do Estados Unidos, cujo objetivo é desenvolver produtividade, priorização e gerenciamento de tempo.


E o que é urgente e o que é importante?

Podemos interpretar de diferentes formas as nossas atividades, o que é urgente e muito importante, que é aquilo que não pode esperar e precisa de uma ação imediata para que a solução seja dada em um curtíssimo espaço de tempo. O que é urgente, mas não importante, que é algo que deve ser dado atenção, mas possui um prazo para ser resolvido ou respondido, e o que é apenas importante e não urgente, que é algo que não necessita de uma ação imediata de nossa parte, nem prazo a ser executado e, devido a correria do dia a dia, acaba até sendo esquecido na maioria das vezes ou superado por tudo aquilo que é urgente.

Preste atenção nestas definições para priorizar algum assunto.


Planeje a sua semana! Estabeleça metas!

Todos os domingos à noite eu me concentro e planejo a minha semana, da melhor forma possível.

É um hábito que tenho há algum tempo e já notei que quando não o realizo, minha semana não vai ser concluída de forma ótima.

E quando falo em planejamento semanal não é apenas trabalho, mas sim todas as atividades sociais, pessoais, inclusive tempo de inatividade, que é extremamente necessário.

Estabeleço metas, de curto, médio e longo prazo.


Tenha foco!

Foque!

As interrupções, sejam elas uma conversa com um colega, uma reunião desnecessária ou checar celular, redes sociais e e-mail, custam muito caro à produtividade.

Foque no que está fazendo, estabeleça horários para checar e-mails, WhatsApp e navegar pelas redes.


Cuide-se!

Observe os momentos que você funciona melhor. Alguns se concentram melhor de dia, outros à noite. Adapte a sua rotina!

Exercite-se, medite, durma bem, alimente-se melhor, tudo isso ajuda na rotina, na produtividade e na gestão do nosso tempo.

O tempo voa. Que tal ser o piloto?


Norma Mosic - Executiva jurídica há mais de 20 anos. Participa da Comissão de Departamentos Jurídicos e da Mulher Advogada da OAB Pinheiro. É membro do Jurídico de Saias e do Grupo Mulheres do Brasil. Criadora do Normalize+ e co-criadora do Na Janela Podcast. Vive intensamente todos os dias, acredita em relacionamentos genuínos e no equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo